Avanço Informática | Conciliador de cartões
504
page-template,page-template-full_width,page-template-full_width-php,page,page-id-504,page-child,parent-pageid-136,ajax_fade,page_not_loaded,,footer_responsive_adv,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.1.1,vc_responsive
 

Conciliador de cartões

Atenta às tendências do mercado a Avanço buscou a solução de conciliação de cartões, entregando produtividade e redução de custos aos varejistas. O conciliador REGEX confronta todas as transações efetuadas em sua empresa com as operadoras de cartão e suas taxas.

Com o constante aumento das transações realizadas com cartões no varejo, especialmente nos supermercados, é essencial conciliar o recebimento dessas vendas. O grande volume dificulta uma operação manual de conciliação de cartões e diminui a segurança deste processo.

Com o conciliador de cartões, sua empresa economiza tempo e reduz eventuais prejuízos por falhas de pagamento.

avanço informática

A Solução

  • Consultoria na solicitação dos arquivos junto às redes adquirentes;
  • Integração de dados – VAN (homologada);
  • Conciliação automática de transações realizadas;
  • Baixa automática de pagamentos realizados;
  • Controle e baixa das antecipações de recebíveis;
  • Integração completa Conciliador com módulo financeiro do INTEGRAL

É um programa que tem a função de orientar quanto ao recebimento de cartões, o que hoje nos representa 60% do faturamento. Como conferir tanta movimentação com tantas particularidades como é o universo de recebimento de tickets, cartões de crédito e débito. Este programa permite isto.

Instalei e descobri um erro da rede adquirente que estava me cobrando uma taxa de administração maior que a acordada, me trazendo um enorme rombo de restituição. Sem o programa não teria negociado e reduzido as taxas para ressarcir um pouco da perda que tive. Aqui fica o meu recado, VALE HOJE MUITO A AQUISIÇÃO DESTE PROGRAMA.

Silvia Rabelo – Comercial Olebar

QUER SABER
MAIS SOBRE o
Conciliador de cartões?

DEIXE SUA PERGUNTA QUE FAZEMOS QUESTÃO DE RESPONDER!

>